30 de abril de 2013

"TAPETE NEGRO"




Crime organizado é desvendado pelo Ministério Publico Estadual

Uma quadrilha atuava de maneira ilícita dentro das prefeituras de Blumenau, Joinville, Timbó, Rio do Sul, Criciuma e POMERODE.
Promotores do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ás Organizações Criminosas) do MPE, investigou durante meses a atuação dos esquemas fraudulentos propostos pela quadrilha. Blumenau foi uma das prefeituras mais lesadas nos cofres públicos, seguido pelas demais cidades citadas.
 A principal forma utilizada pela quadrilha para lesar o patrimônio publico foi o desvio de dinheiro por meio de obras superfaturadas, licitações fraudulentas, funcionários fantasmas, com obras principalmente tocadas pela URB – Companhia de Urbanização de Blumenau.
 De acordo com o MPE, trata-se de uma mega atuação ilícita em Santa Catarina. A prefeitura de Pomerode também está sob investigação por atos praticados de maneira irregular.
Por conta de uma legislação municipal, a empresa pública tem a prerrogativa de contratar com o município por meio de dispensa de licitação, desde que comprove, mediante tomada de preços, que os orçamentos que apresenta são compatíveis com aqueles praticados pelo mercado.
A fraude, então, teria início na comparação de orçamentos, contando com a participação de empreiteiras privadas que apresentavam intencionalmente preços superiores aos oferecidos pela empresa estatal. Dessa maneira, a URB ganhava o direito de realizar a obra por um custo, aparentemente, mais baixo que os de seus concorrentes privados.
Na segunda parte da ação criminosa, sempre segundo o MPE, os participantes do esquema que trabalham na URB terceirizam as obras, sob a alegação de que a estatal não teria pessoal e estrutura suficientes para tocar os trabalhos integralmente. Para tanto, promoveram concorrências em que participam as mesmas empresas que haviam apresentado orçamentos mais caros do que a URB na tomada de preços inicial.
Neste momento, porém, as empreiteiras entregam propostas com valores consideravelmente inferiores aos que apresentaram na primeira tomada de preços e são contratadas. A diferença entre o que a prefeitura paga à estatal e o que esta repassa às empresas subcontratadas seria dividida entre os participantes do esquema.
As obras realizadas, em sua maioria, são de pavimentação de ruas, fato que motivou a escolha do nome da investigação do MPE que apura o caso --Operação Tapete Negro, em alusão à cor do asfalto.
Foi esse o esquema que primeiramente chegou ao conhecimento dos promotores, por meio de uma denúncia feita em 2006. A partir dela, o MPE apurou que existem dois grupos de empreiteiras que sistematicamente costumam concorrer e perder para a URB as obras da prefeitura. Essas mesmas empresas acabam posteriormente executando de fato as obras, por meio de subcontratações.
Estariam envolvidos neste tipo de fraude, além de empreiteiros, secretários municipais e funcionários da URB, incluindo Eduardo Jacomel, diretor-presidente da empresa de 2010 a 2012. O executivo, inclusive, é sócio oculto do empreiteiro Israel de Souza, proprietário de pelo menos três empresas que participam do esquema e que também pagariam propinas para vencer concorrências em outras cidades catarinenses.

A PEDIDO



Tiritomba

Tiritomba é uma aldeia pequenina 
Sempre alegre e prasenteira
Tem uma casa e uma igreja na colina 
e alguém que me queira
Tiritomba Tiritomba 
quem me dera lá voltar
Para ficar, 
Tiritomba, Tiritomba,
Por alguém que me soube amar



ENTREVISTA


O blogueiro também esteve em Timbó, em entrevista ao competente Tibério Valcanaia, na FM 92.7 que, no início da manhã.

Vivi dois períodos na Pérola do Vale (1973 e 1983/4), lá deixei amigos e sempre tive livre acesso aos microfones das rádios locais. 

A FM 92,7 alcança 77 municípios do Estado com  suas ondas de frequência modulada e em Pomerode, pode ser captada em 100% do território, possuindo uma audiência enorme, em especial,   diariamente a partir de 6 horas e aos domingos, pela manhã,  com o Etnias Italianíssimo (8 às 10)  e  Germânico (10 às 12).

Me foi dada a oportunidade de manifestar minha opinião sobre Pomerode, a Câmara Municipal de Vereadores, a administração municipal anterior e a atual, as eleições de 2012, as causas da derrota da situação e vitória da oposição, rádio em Pomerode (AM e Comunitária), licitações e até mesmo sobre o Sauerkraut que é lido também em Timbó. 

Tibério afirmou que a FM 92,7 deverá participar da licitação para retransmissão das reuniões da Câmara de Vereadores, marcada para 08.05.2013.

Valeu velho companheiro de rádio!

Foi bom demais matar a saudade de Timbó, do amigo e do microfone!

SUCESSO NA LICITAÇÃO!!!

FUTURO/ZUKUNFT


"Pomerode é uma aldeia pequenina
Sempre alegre e hospitaleira..."

Com essa música/letra (parodiando "Tiritomba") a saudosa diretora D. Amália, iniciava os dias letivos com os seus estudantes.

Pois é...

A aldeia pequenina, restou na lembrança de quem conheceu D. Amália, foi seu aluno/a e viveu Pomerode naqueles belos tempos, carregados de toda a tradição e os costumes dos pomeranos que colonizaram as margens do Rio do Testo.  

Desde que optou por se tornar um polo industrial a aldeia pequenina destinada, para muitos, a se transformar num polo turístico reconhecido até mesmo mundialmente por suas características únicas (pomeranos, platt, enxaimel, gastronomia, etc) sofreu e continua sofrendo uma enorme descaracterização e está se transformando em mais uma cidade comum, como tantas outras.

As indústrias que aqui aportaram e se instalaram - donatárias de consideráveis incentivos fiscais - com a promessa de gerar empregos e retorno de tributos, mudaram a paisagem.

Geraram empregos mas, nem sempre, para os pomerodenses cuja cultura e capacitação estava relacionada ao meio rural e à industrialização de seus produtos - leite, carnes, verduras, legumes, frutas, etc - com base em receitas dos antepassados, incluindo especiárias e ervas finas sempre presentes nas receitas de seus avós ou, na produção artística e de fino acabamento de porcelanas pelas mãos hábeis dos filhos desta terra. 

As novas industrias, buscaram mão de obra em todas as regiões do país e hoje, aqui vivem gaúchos, paranaenses, paulistas, baianos, sergipanos, alagoanos, paraibanos, potiguares, cearenses e muitos outros brasileiros que aportaram em busca de emprego e de qualidade de vida. 

Nos nossos clubes de Caça e Tiro já não se realizam somente bailes de Rei e Rainha com música, bebida e comida típicas.

Os salões abrigam brasileiros de todos os lugares e o som satisfaz a nordestinos, gaúchos, paranaenses, paulistas e muitos outros vindos de todos os rincões deste Brasil.

Aqui assa a costela fogo de chão, o cuscuz já é de consumo constante, já encontramos farinha de mandioca torrada e ha quem se refira ao nosso aipim como macaxera e ao nosso cará como inhame.

Em 2013, a Miss Pomerode eleita, é morena de olhos verdes!

O convívio com os descendentes dos pioneiros, ainda claudicante, sinaliza um futuro em que uma criança poderá pedir a benção de uma avó baiana e o "upa" de um avô pomerodense descendente de alemães ou pedir o colo de um avô gaúcho e uma "puli" da "oma Frida". 

Da aldeia pequenina para a qual alguns sonharam tornar-se uma atração turística, uma "indústria sem chaminés" e conservadora restarão pontos isolados - "Mundo Antigo" - "Testo Alto-Rota do Enxaimel" - lembrando a Pomerânia e os pomeranos que iniciaram a colonização de Pomerode ha 150 anos.  

E, no futuro/zukunft, Pomerode e os Pomerodenses terão que renunciar ao que hoje causa orgulho a muitos.

Pomerode não será mais:

 "A CIDADE MAIS ALEMÃ DO BRASIL!"

Talvez nem haverá mais a Festa Pomerana. 

E D.Amália, esteja onde estiver, reunirá seus estudantes e juntos cantarão:

"Pomerode ERA uma aldeia pequenina
Sempre alegre e hospitaleira..."

E o mais idoso, dirá sussurando:

"ES WAR EINMAL...POMMERNLAND"


EM BUSCA DA VERDADE


Hoje pela manhã fui recebido pelo Dr. Gross, em seu gabinete de trabalho.

De olho no olho, no estilo gaúcho da grande querência donde veio - como se faz nas rodas de chimarrão - conversamos abertamente e muito à vontade. 

Relatou, a pedido do blogueiro, o registro de Boletim de Ocorrência por parte de cidadã local, envolvendo integrante do primeiro escalão da atual administração municipal, afirmando que cumpriu a sua função técnica e legalmente, isenta de qualquer outro aspecto.

Com relação à denúncia de desvio de função em cargos comissionados/gratificados na Prefeitura, informou que esta foi  encaminhada pela Delegacia Regional; que os depoentes foram intimados na condição de  testemunhas e que também neste caso, limitou-se a cumprir suas atribuições técnica e legalmente.

Disse também da sua preocupação com a sua estrutura operacional e com os pomerodenses, salientando a importância do trabalho de sua equipe para a segurança da comunidade e o efeito  em caso de sua redução drástica em mais de 40%, sem a imediata substituição dos afastados/removidos.

O SAUERKRAUT AGRADECE.  

29 de abril de 2013

MISS POMERODE


RECEBI HOJE A 3a. SUGESTÃO DE PAUTA SOBRE O CONCURSO MISS POMERODE.

A REPETIÇÃO SUGERE EXPLICAÇÕES E JUSTIFICATIVAS ALÉM DE RELACIONAR QUASE 20 PATROCINADORES QUE O BLOGUEIRO SE NEGA A DIVULGAR AQUI NO SAUERKRAUT. 

POSTAGEM ANTERIOR MERECEU INÚMEROS COMENTÁRIOS (MUITOS IMPUBLICÁVEIS) E TAMBÉM OUTROS CONTATOS (E-MAIL, TELEFONE, ETC) QUESTIONANDO PARTICIPAÇÃO EM ENSAIOS, COORDENAÇÃO, PARTICIPAÇÃO EM OUTROS CONCURSOS, FOTOS ANTES DO CONCURSO, LAPSO DE MEMÓRIA, JURADOS, ETC. 

ATÉ A AUSÊNCIA DA PRIMEIRA MISS POMERODE (ROSELI) FOI MENCIONADA.   

SEI LÁ...

PARECE QUE DESPERTARAM O ESQUECIDO ORGULHO (ALEMÃO) POMERANO!

EXONERAÇÕES


ASSESSORES:

EDSON - ILUMINAÇÃO
RUBENS - TEATRO
SIDNEI - GETRAN

DIRETOR:

ROGERIO LUIZ - ARRECADAÇÃO E FISCALIZAÇÃO



CEZAR ZILLIG


ÍNDIO CIVILIZADO

Há tempos venho pensando em escrever sobre a questão indígena e essas brigas intermináveis sobre demarcações das reservas para remanescentes indígenas. Tenho convicção de este não é o melhor caminho e não faz sentido algum. O artigo da professora Maria Elis Nunc-Nfoonro (JSC 19/04) animou-me a finalmente escrever; vejo que ela, descendente de nativos, expressa uma percepção semelhante a minha ao dizer: ”Bom seria permanecermos índios, para vivermos tranquilos e felizes. Como isto é impossível, porque já fomos assaltados, avassalados e desculturados, só resta uma saída: brigar para construir no futuro uma sociedade de tecnologia muito avançada, mas com o gosto de viver a cordialidade, o respeito recíproco e a liberdade...”
É isto mesmo. Em 1500 os europeus apareceram por aqui, encostaram seus bacamartes no peito dos índios e fizeram como os “di menor” com um 38 em punho: “Perdeu mermão!” Até recentemente prosseguia por aqui o assalto de que fala a professora Nunc-Nfoonro. Ainda na primeira metade do século vinte havia bugreiros no sul do estado tentando liquidar os indígenas restantes. É chocante, vergonhoso, mas é fato. Sempre que na história da humanidade se deu o encontro de duas culturas, a mais forte – não necessariamente a mais evoluída intelectualmente – ou escravizou ou destruiu a mais fraca.
A ideia de encurralar os indígenas subsistentes em reservas, ao que me consta, surgiu nos Estados Unidos. De inicio eram verdadeiros campos de concentração que aos poucos assumiram ares de indenização pela agressão sofrida, num arremedo de uma reparação impossível.
Como disse a professora Nunc-Nfoonro “é impossível permanecermos índios felizes e tranquilos”. The dream is over. Impossível retornar às origens, à condição de caçadores-coletores. O correto seria extinguir reservas e urgentemente integrar a nação indígena à sociedade “civilizada”. Assim como o português, o alemão, o italiano e todos os demais imigrantes que aqui aportaram estão em processo de absorção, contribuindo na formação da nação brasileira. Reservas e tutelas só fomentam a separação, a diferença, mantendo o nativo como uma avis rara, uma aberração social.
A ordem agora é: “brigar para construir uma sociedade de tecnologia avançada”, palavras de Nunc-Nfoonro.

ENVIADO POR E-MAIL
TAMBÉM PUBLICADO EM: WWW.SANTA.COM.BR


28 de abril de 2013

RECADO


"O DINHEIRO COMPRA TUDO
MAS NÃO COMPRA TODOS!"



PROGRESSISTAS


O BLOGUEIRO JÁ SABIA!
A PITONISA ESTAVA CERTA!
(VEJA POSTAGEM ANTERIOR)

CHAPA ÚNICA E VITÓRIA DO REPRESENTANTE DAS FESTAS DE PEÕES DE BOIADEIRO EM POMERODE. 

Presidente: Ademar Marquardt
1º Vice Presidente: Jorge Luiz Rojas Klee
2º Vice Presidente: Arno Mueller
Tesoureiro Geral: Genrado Riemer
1º Tesoureiro: Frank Hoeft
2º Tesoureiro: José Avancini
Diretor Geral: Maicon Jackson Bittelbrunn
1º Secretário: Dagwin Wachholz
1º Vogal: Hercílio Dorow;
2º Vogal: Ademir Wuerges
3º Vogal: Hariwald Resner
4º Vogal: José Eduardo Pandolfo
Delegados para Convenção Estadual: Waldemar Wuerges e Paulo Maurício Pizzolatti
Vereador Líder na Câmara: José Amarildo da Silva
Vereadora Líder do Partido: Karin Hoeft


O ESTATUTO, 12a. EDIÇÃO,  (DISPONÍVEL EM:http://www.pp.org.br/?slT=119031NÃO ESTABELECE A ELEIÇÃO DE UM "DIRETOR GERAL" NEM DE "2° TESOUREIRO", "QUARTO VOGAL" E "LÍDER DO PARTIDO", DETERMINA A ELEIÇÃO DE "SUPLENTES DE VOGAIS" E A COMISSÃO EXECUTIVA MUNICIPAL DEVERIA SER: 

Art. 44. A Comissão Executiva Municipal ou Zonal terá a seguinte composição: 1 
(um) Presidente; 2 (dois) Vice-Presidentes; 1 (um) Secretário-Geral, 1 (um) Secretário; 1 (um) Tesoureiro-Geral; 1 (um) Tesoureiro; 3 (três) Vogais; o líder na Câmara Municipal e 3 (três) Suplentes de Vogais.
disponível em: http://www.pp.org.br/?slT=119031, em 27.04.2013 - 09:36 hs.

SERÁ QUE ALGUÉM JÁ LEU O ESTATUTO DO PARTIDO?

SUCESSO AOS ELEITOS!
 TRABALHEM POR POMERODE E SUA GENTE!!!

27 de abril de 2013

MISS POMERODE


Francielle Brito Kloster é eleita a Miss Pomerode 2013

Pomerode já tem sua Miss. Nesta sexta-feira dia 26/04 a cidade conheceu sua majestade. Com sete candidatas à disputa do Miss Pomerode 2013, a mais bela pomerodense foi eleita pelo corpo de jurados, onde que na terra onde predominam os olhos azuis e a pele clara, a eleita foi uma morena.

A Miss Pomerode 2013 eleita foi Francielle Brito Kloster que irá representar a cidade de Pomerode no Miss Santa Catarina.

A Miss recebeu um buquê de flores do Prefeito Rolf, alem de muitos presentes dos patrocinadores do evento e claro, a tão desejada coroa.

Após o desfile e a cerimônioa de premiação e o coroamento da Miss, teve baile com a banda Portal do Som que animou os convidados e demais presentes.

Fonte: Assessoria de imprensa 3387-7273
Data: 27 de abril de 2013



REUNIÃO 30.04.2013


ORDEM DO DIA
SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 30 DE ABRIL DE 2013, TERÇA-FEIRA, 19 HORAS.



1 - Em única discussão e votação a Emenda Aditiva nº 01/13 de autoria do Vereador Amarildo da Silva, ao Artigo 10 do Projeto de Lei Complementar nº 271/2013 - DEFINE A CARGA HORÁRIA PARA 30 HORAS SEMANAIS DO ASSISTENTE SOCIAL NO ANEXO VI, GRUPO 6, DE ACORDO COM A LEI FEDERAL 12.317 DE 26 DE AGOSTO DE 2010 QUE INTRODUZIU O ARTIGO 5º -A NA LEI FEDERAL 8.662 DE 07 DE JUNHO DE 1993;

2 - Em única discussão e votação o Projeto de Lei Complementar nº 271/2013 do Executivo Municipal, que CRIA, EXTINGUE, ALTERA NÚMERO E REFERÊNCIA DE CARGOS JUNTO AO QUADRO DE PESSOAL, DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE POMERODE E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS;

3 - Em única discussão e votação o Projeto de Lei Ordinária Nº 2456/2013 do Executivo Municipal que REVOGA A LEI MUNICIPAL Nº 2387, DE 02 DE SETEMBRO DE 2011 - QUE DISPÕE SOBRE A AQUISIÇÃO DE UM IMÓVEL LOCALIZADO NA RUA CARL GUENTHER PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA PRAÇA PÚBLICA;



POIS É...MAS DISSERAM QUE NÃO CHOVE 365 DIAS POR ANO!

4 - Em única discussão e votação o Requerimento nº 21/2013 de autoria dos Vereadores Horst Lemke e Karin Raduenz Hoeft, dirigido ao SAMAE, para que PRESTE INFORMAÇÕES SOBRE A VENDA DE LIXO RECICLÁVEL NO ÚLTIMO TRIMESTRE DE 2012 E O PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013;


POR QUE NÃO PROCURAM O SAMAE PESSOALMENTE?
pronunciamento, debate, votação...
o minuto da retransmissão é o povo que paga!

5 - Em única discussão e votação o Requerimento nº 22/2013 de autoria da Vereadora Letícia Tribéss Volkmann, para que o EXECUTIVO Municipal PRESTE INFORMAÇÕES SOBRE O PLANEJAMENTO E/OU PROGRAMAÇÃO DE PAVIMENTAÇÃO DAS RUAS CARL REINKE E GUILHERME GUSTMANN. 

POR QUE NÃO PROCURA INFORMAÇÕES NA SECRETARIA PESSOALMENTE?
pronunciamento, debate, votação...
o minuto da retransmissão é o povo que paga!



Fonte: Câmara Municipal/Divulgação Cleide Rauber/Secretaria Executiva


NOVA LICITAÇÃO


AVISO DE LICITAÇÃO
AVISO DE LICITAÇÃO

ESTADO DE SANTA CATARINA 
MUNICÍPIO DE POMERODE
CÂMARA MUNICIPAL DE POMERODE 

AVISO DE LICITAÇÃO

Processo Administrativo Nº: 02/2013. 

Modalidade: PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2013

Tipo de julgamento: MENOR PREÇO POR ÍTEM.

Objeto:

RETRANSMISSÃO DAS SESSÕES LEGISLATIVAS E DIVULGAÇÃO DOS PROJETOS VOTADOS POR INTERMÉDIO DE INSERÇÕES DE UM MINUTO E DE EVENTOS ESPECIAIS DE NATUREZA CULTURAL E DE CARÁTER EDUCATIVO DE ACORDO COM AS PREVISÕES LEGAIS, ATRAVÉS DE RADIO EM FREQUÊNCIA AM OU FM.

Entrega dos Envelopes até: 09/05/2013 às 09:30 horas.
Abertura dos Envelopes: 09/05/2013 às 09:30 horas. 

O Edital e esclarecimentos poderão ser obtidos no seguinte endereço e horário : Secretaria da Câmara Municipal de Vereadores, Avenida 21 de Janeiro, 1235, Bairro Centro, Município de Pomerode/SC, nos dias úteis, de Segunda à Sexta-feira, das 8:00 às 11:30 e das 13:00 às 17:00 horas, informações pelo fone (47) 3387-2464. 

Pomerode/SC, 24 de abril de 2013.

CLAUS KRAHN
PRESIDENTE 

Fonte: Setor Contábil - Dieter Ehmke/Publicação - Cleide Rauber

O SAUERKRAUT PEDIRÁ CÓPIA DO EDITAL.



PEDÁGIO



Entendo que o pedágio é um meio que as entidades filantrópicas utilizam para buscar recursos financeiros  que minimizam as suas dificuldades e contribuem para a continuidade da prestação de seus serviços.

Entendo que o GETRAN pode e deve fiscalizar as atividades realizadas nas vias públicas e auxiliar os voluntários em sua missão humanitária. 

Entendo que se nem os doadores, exigem prestação de contas dos valores doados, nenhum órgão municipal tem o poder ou o direito de exigir prestação de contas dos valores arrecadados. 

As entidades tem Conselho Fiscal para verificar a exata e correta aplicação da receita e este deve se manifestar perante as assembleias quanto à concordância ou não dos demonstrativos apresentados.
Beira o ridículo exigir por Lei Municipal que a APAE, o POMERHEIM, etc., prestem contas perante a Prefeitura/Câmara/Getran, da aplicação dos valores arrecadados com doações de cidadãos, em pedágio.

Projeto de Lei 2448/2013,
Art. 7º As entidades prestarão contas ao Poder Executivo e à Câmara de Vereadores, através da GETRAN, por meio de relatório, dos valores arrecadados e sua aplicação, em no máximo 30 (trinta) dias após realização do Pedágio Beneficente.

Concordo com os demais critérios quanto à declaração de utilidade pública, atividade, etc. 

É atribuição da Getran, da Prefeitura e da Câmara de Vereadores, fiscalizar a aplicação de valores arrecadados em pedágio por entidades humanitárias em fins lucrativos?

RESPEITO OPINIÃO CONTRÁRIA.


26 de abril de 2013

FESTA DO PEÃO DE BOIADEIRO DE POMERODE?


TUDO É POSSÍVEL!!!

PROGRESSISTAS


Repercute muito, a provável candidatura do Prof. Kamchen à presidência do Partido Progressista - PP.

Estrategista de campanhas que levaram candidatos ao governo municipal (Magrit, Paulo e Rolf)  sua eleição marcaria um novo tempo de um novo PP na cidade. 

Patrimônio de Pomerode o professor (eterno para muitos) afastado da atual administração, já deixa preocupados aqueles que se julgam donos do partido.

Se aceitar, SUCESSO!!!  

25 de abril de 2013

590.000!!!


OBRIGADO GENTE!
O SAUERKRAUT É DE POMERODE E DOS POMERODENSES!

palavras de importante autoridade hoje à tarde:

"VOCÊ É O CIDADÃO MAIS INCOMPREENDIDO DE POMERODE!"

OBRIGADO!



ANÔNIMOS





Cyberanonimato
Eugênio Bucci *
No Brasil o anonimato é proibido em todas as formas de publicações. Está na letra da lei, no inciso IV do artigo 5.º da Constituição federal, em palavras muito claras e muito simples: "É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato". Com o advento da internet, porém, o quadro deixou de ser tão claro e tão simples. Na realidade digital, a letra da lei talvez seja letra morta.
As tecnologias digitais abriram muitas portas para manifestações de autores que se escondem, se esquivam, escapam a qualquer forma de identificação. Não por acaso, um dos movimentos mais ativos na rede mundial de computadores responde justamente pelo nome de Anonymous, congregando ativistas que adotaram por símbolo uma curiosa máscara branca, onde vai estampado um risonho rosto masculino, de moustache, em evocação a um personagem qualquer dos quadrinhos. Em certos círculos digitais, o anonimato, mais que a exceção, é a regra. Há ferramentas para isso. O navegador Google Chrome concede ao seu usuário a abertura de uma "janela anônima". Trata-se, como se vê, de um serviço ao alcance de qualquer um do público.
Isso é mau? Difícil dizer. Antes de ser uma conduta necessariamente pérfida ou dolosa, o expediente de quem oculta o próprio nome pode ser uma estratégia legítima e, às vezes, uma estratégia de sobrevivência. Na história da democracia não foram poucas as ocasiões em que a ocultação do nome do autor contribuiu para a expansão das liberdades. O filósofo inglês John Locke (1632-1704) vivia exilado na Holanda sob nome falso quando publicou anonimamente sua Carta sobre a tolerância, em 1689. Hoje sua obra é reverenciada como um alicerce da noção essencial de que a fé religiosa de cada um é assunto pessoal, privado, não podendo ser determinada pelo poder estatal. Graças ao anonimato, não nos esqueçamos. Não fosse o recurso de sonegar aos leitores seu nome verdadeiro, é possível que Locke nunca tivesse conseguido publicar sua Carta sobre a tolerância.
Bem sabemos que na internet ninguém é John Locke. As formas de estelionato de opinião proliferam em variações tão criativas quanto malignas. A cada eleição, pipocam blogs e sites apócrifos dedicados exclusivamente a enxovalhar a honra alheia, sob o patrocínio cínico de candidatos graúdos, que fingem que não é nada com eles. Isso não quer dizer que não existam os bons anônimos. Eles existem. Usam em segredo as redes sociais para denunciar desmandos em regimes autoritários - e também em regimes ditos democráticos. Mesmo sem ser John Locke, ajudam a civilização.
O que fazer? Como resolver o problema do anonimato na rede? Seria possível - e seria desejável - regulá-lo? Em tempo: será que isso é de fato um problema? O assunto tende a ganhar mais e mais projeção nas discussões públicas. Hoje mesmo, em Brasília, um novo seminário, desta vez organizado pela Associação Brasileira de Internet (Abranet), reunirá juristas, parlamentares, gente do Poder Executivo e gente da planície para debater a rede e, dentro dela, a livre expressão dos cidadãos. Entre tantos temas cruciais, alguns urgentes, a pergunta sobre o anonimato permanece e permanecerá em aberto por um bom tempo. Este artigo tem o propósito de complicar e aprofundar um pouco mais essa pergunta em aberto.
Voltemos a ela: o que fazer com o cyberanonimato? Essa interrogação já assombrou as melhores redações do País. Os jornais e as revistas mais tradicionais, ou seja, as marcas mais vistosas da chamada "velha mídia", apanharam e ainda apanham bastante das mensagens apócrifas que recebem no ambiente virtual. Em papel, um diário sério só admite publicar mensagens de leitores que se identifiquem devidamente, com o nome, o endereço e até mesmo o RG. Mas como exigir as mesmas credenciais na esfera digital? Há e-mails com nomes falsos, há todo tipo de dissimulação eletrônica - ficou impossível conferir as credenciais de todos. No início eram tantos os empecilhos técnicos para separar os que mandavam e-mails com nomes autênticos dos que usavam assinaturas fajutas que mesmo os jornais mais vetustos se renderam à avalanche indiscriminada de impropérios (alguns com palavrões) e baboseiras. Publicavam tudo. Mais recentemente, começaram a exigir que os leitores se cadastrassem antes de postar suas mensagens - e pediram a seus blogueiros que recusassem mensagens com teor ofensivo. Um filtro mínimo passou a funcionar, tanto que, hoje, não é mais qualquer barbaridade que encontra abrigo nos portais mais ciosos.
Censura? Na opinião de alguns, sim. Na opinião dos editores, não: apenas um cuidado com base no bom gosto e na responsabilidade, em sinal de respeito aos leitores. Fora isso, a legislação proíbe o anonimato. Portanto, carta anônima não sai.
Fora das redações mais bem estruturadas, contudo, o vale-tudo continua. Qualquer um publica o que bem entender a qualquer hora. Mensagens "de ninguém" ainda conseguem ditar o tom de uma ou outra discussão mais quente. Estamos longe de resolver o assunto, e isso não é necessariamente ruim. Estamos amadurecendo a questão, por assim dizer. Em boa medida, a internet tem sido um ambiente livre. Algum grau de manifestações anônimas integra e complementa a liberdade. Em poucas palavras, não haveria liberdade sem pelo menos um pouco de anonimato.
Até mesmo a legislação brasileira sabe disso. O mesmo artigo 5.º da Constituição, que veda expressamente o anonimato, assegura o sigilo da fonte ao jornalista. Eis o que diz o inciso XIV: "É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional". Em outras palavras, o jornalista tem o direito de não revelar a ninguém o nome de sua fonte, que restará, para o público e para as autoridades, anônima. Sem isso a democracia seria impensável.
E quanto ao anonimato na internet em geral? A pergunta segue aberta.
* Eugênio Bucci é jornalista e professor da USP e da ESPM.
Fonte: Jornal O Estado de São Paulo

DE FONTE SEGURA


Segundo fontes do Sauerkraut, diversos funcionários públicos municipais, detentores de cargos comissionados, prestaram depoimento nesta data.  
Denúncias estariam sendo investigadas.

DESFILIAÇÃO


ildo-hoeft-55555
Comunicado publicado hoje no facebook:
“Bom dia
Hoje tomei uma decisão importante na minha vida, porque tem momentos que precisamos refletir e corrigir alguns fatos que não mais são saudáveis em nossa vida.
A partir desta data 25 de Abril de 2013, estou me desligando do PSD, Partido Social Democrático, por não mais me sentir confortável no partido após as eleições passadas, onde fui o candidato a vereador do PSD mais votado e trabalhei muito para eleger a atual administração. Espero que Pomerode cresça nos próximos quatro anos e agradeço aos meus eleitores pela confiança depositada e para não decepcioná-los e pelo respeito que tenho por eles, prefiro me desligar do partido no momento. O futuro a Deus pertence e com certeza vou continuar lutando para cada dia mais, construirmos uma cidade melhor. Obrigado a todos e continuem contando comigo sempre.
Abraço

ILDO HOEFT”
Ildo recebeu mais de 30% dos votos do PSD, como candidato a vereador nas últimas eleições. 
Na carta de desligamento manifesta sua discordância com o tratamento recebido pelo atual governo, que ajudou a eleger.
É mais uma baixa importante.
Ildo foi o mais ativo candidato/militante do PSD na campanha de 2012, nas ruas, clubes e na internet. 

LEMBRANÇAS



TRIBUNA LIVRE


SERÁ QUE A CÂMARA DE VEREADORES VAI CONCEDER - DEMOCRATICAMENTE - O DIREITO DE RESPOSTA, NA "TRIBUNA LIVRE", AO CIDADÃO CITADO COMO INDICIADO EM PROCESSO POR VEREADOR, NA ÚLTIMA SESSÃO?


NA RÁDIO!


NA PRÓXIMA TERÇA FEIRA, DIA 30, A PARTIR DAS 8 HORAS, ESTAREI NA FM 92.7 DE TIMBÓ, ATENDENDO CONVITE DO MEU AMIGO TIBÉRIO.

SEM CENSURA OU BOICOTE!

24 de abril de 2013

NOVO BLOG EM POMERODE


VEM AÍ O ROLLMOPS.

EM BREVE DEVERÁ ESTREAR O NOVO BLOG DE POMERODE.

ISTO É MUITO BOM! 
SEU CRIADOR E RESPONSÁVEL MERECE ESPAÇO E CERTAMENTE COLABORARÁ MUITO COM POMERODE E SUA GENTE.

BEM VINDO!!! 

o endereço é: http://rollmopsnainternet.wordpress.com


DE OLHO EM 2016

("EM QUE FUTURO VOCÊ PRETENDE VIVER?")


Assim como a convenção do PSDB demonstrou o peso dos filiados oriundos do DEM, também a convenção do PP, a ser realizada sábado, no Clube Pomerode, deverá revelar o peso de seus filiados antes vinculados aos Democratas.
No meio político há uma expectativa com relação a ex-vereador, integrante do primeiro escalão do governo passado, por curto período. 
Militantes do extinto PFL e posteriormente do DEM, se desfiliaram e passaram a ser membros do PP, do PSDB e até do PSD que hoje faz parte da administração municipal. 
Velhos companheiros estariam tramando aliança muito forte para enfrentar o PMDB no futuro, abrigando também os que permaneceram liberais democratas. 
Com as tradicionais lideranças locais - deputado federal, deputados estadual, ex-prefeita, ex-prefeitos, vices e outros - somariam forças com o objetivo comum de reconquistar o Paço Municipal.  

PARA ABRIGAR TODO MUNDO, SÓ CRIANDO NOVOS CARGOS DE PRIMEIRO ESCALÃO!!!


SOUTOSBACH


O RIBEIRÃO SOUTO, ALÉM DE SUAS QUEDAS DE ÁGUA E MUITAS PAISAGENS ENCANTADORAS TAMBÉM ABRIGA A MAIOR FIGUEIRA DA REGIÃO.
EM BREVE, ESTUDANTES, ESCOTEIROS, PROFESSORES E OUTROS INTERESSADOS TERÃO O ACESSO FACILITADO POIS FOI ENCAMINHADO REQUERIMENTO À PREFEITURA PARA QUE PROVIDENCIE AS OBRAS NECESSÁRIAS, SEM AGRESSÃO AO MEIO AMBIENTE.

Fotos; Vereador Nelson Fischer. 

O SAUERKRAUT AGRADECE A COLABORAÇÃO.   


CELULAR


Se comparado a outros inquéritos já instaurados ou a instaurar em Pomerode, aquele que envolve um celular, está merecendo excessiva atenção e julgamentos precipitados.

Comenta-se, com o passar do tempo, que serve para alimentar desavenças políticas de adversários, até mesmo, da própria coligação vencedora das eleições de outubro passado e integrantes do primeiro escalão da Prefeitura. 

Mereceu inclusão em pronunciamento de vereador da oposição na última reunião da Câmara de Vereadores que foi contestado por outros colegas que consideram o fato de alçada exclusiva da Justiça. 

O Inquérito Policial 050.13.000703-0 já se encontra em cartório após protocolo de n° 37218 de 22.04.2013, do Ofício n°. 141/2013, da Delegacia de Polícia da Comarca de Pomerode e tem como vítima Patrícia Lemke Ganda.

O objeto já foi devidamente devolvido à suposta vítima. 

O indiciado, - Irio Krueger - se necessário, deve pedir a quebra de sigilo de telefones e outras diligências no exercício de seu sagrado direito ao contraditório e à ampla defesa. 

O blogueiro acredita que poderia ter havido uma solução através de entendimento direto entre as partes e lamenta se houve o uso do fato por e para interesses políticos.

 O Ministério Público e o Judiciário de Pomerode, já estão sobrecarregados de serviço e existe a possibilidade de parecer do Ministério Público pedindo o arquivamento que o Judiciário pode aceitar e ratificar.

RECOLHAM AS PEDRAS!

"NINGUÉM SERÁ CONDENADO SEM O DEVIDO PROCESSO LEGAL!"

LICITAÇÃO SUSPENSA


SEGUNDO INFORMAÇÃO - POR TELEFONE - DO DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO DIETER EHMKE, A LICITAÇÃO PARA RETRANSMISSÃO DAS SESSÕES DA CÂMARA, FOI SUSPENSA, ATENDENDO DETERMINAÇÃO DA RESPEITÁVEL REPRESENTANTE DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

NOVO EDITAL DEVERÁ SER DIVULGADO EM BREVE, COM AS ALTERAÇÕES RECOMENDADAS. 




PARABÉNS!


MUITA SAÚDE E SUCESSO!

LAURO BACCA


Pedestrianismo

Dedicado a Francisco Canola Teixeira, in memoriam

Caminhar talvez seja o esporte mais natural para o ser humano. Tudo que ele precisa são de suas pernas e alguma disposição. Nada de equipamentos nem aparelhos sofisticados. Em segundo lugar vem o ciclismo, que permite atingir distâncias mais longas em tempo mais curto que uma caminhada. Embora o ciclista use um aparelho, a bicicleta (em termos energéticos a máquina mais eficiente já inventada pelo homem), toda a fonte de energia que necessita, assim como andar a pé, como se diz popularmente, vem do feijão.

O ciclismo amplia a percepção da paisagem e, se desejável, dos detalhes. O pedestrianismo (o nome não pegou, mas existe), privilegia os detalhes e a paisagem, nessa ordem. Um ciclista pode fazer em média uns 100 km por dia, enquanto o pedestre faz uns 25 ou 30 km, ambos sem necessidade de serem grandes atletas para tal. Umavantagem do pedestre é que ele pode passar por qualquer lugar caminhável por um ser humano, igual ao que nossos ancestrais faziam há muitos e muitos milênios.

Quando se concilia a caminhada com um ambiente natural, a sensação é a de que, mesmo estando em pleno século 21, com todo o acumulado de conhecimentos e tecnologia, experimenta-se, pelo menos parcialmente, a integração primitiva, quase total, com a natureza, com um porém: ao contrário de muitos caçadores, que não conseguem entender a delicada realidade ecológica atual, o caminheiro privilegia a contemplação. Este também pode caçar, mas não matando e sim fotografando. A foto de um animal, bem mais difícil que conseguir que um abate por tiro, e por isso mesmo muito mais meritória, é o seu troféu ecologicamente correto.

Já pedalei muito na minha vida. Depois, com o perdão da turma do grande amigo Wilberto Boos (que também caminha!), mas também por questões físicas, tenho preferido as caminhadas. A mais antiga ONG ambientalista do Estado, a Acaprena, que no próximo dia 5 de maio completa 40 anos, há muito que possui um grupo de caminhadas. No feriado do Dia 1º de Maio, alusivo à expressiva data, a caminhada será, mais uma vez, ao nosso morro mais charmoso, para a qual o leitor está convidado. Nada melhor que contemplar do alto do Spitzkopf, o resultado de uma das mais importantes e demoradas lutas da Acaprena, o Parque Nacional da Serra do Itajaí, hoje uma realidade em plena fase, ainda que lenta, de implantação!


Autorizado pelo autor.
também publicado em: www.santa.com.br

JUSTA HOMENAGEM AO CANOLA!