22 de abril de 2017

50 ANOS DEPOIS

Hoje faz 50 anos que estamos juntos. 50 anos e uma só mulher! Mentira! Foram pelo menos uma 6. Meia duzia no mínimo. Na verdade seriam mais de 55 anos, incluindo o tempo de bancos de escola, namoro, noivado. Porque não fostes uma só. Desde a companheira de estudo você foi as mulheres da minha vida. Dos teus 15 anos quando tudo começou e te falei que se o futuro me atirasse palmas e flores, essas seriam tuas até o nosso dia de hoje na Pequena Reata. Fostes a valente e corajosa jovem que deixou tudo e todos para me acompanhar no oeste de Santa Catarina, no Sudoeste do Paraná, no interior de Goiás, na Baixada Fluminense, na Cidade Maravilhosa, sob o céu maravilhoso do então Território de Rondônia, no banhado/sertão do Nordeste e na Capital Federal. Foram 50 anos de emoções! De lutas! De alegrias! De tristezas! De aconchegos! De entreveros! De pauleira na cozinha durante o dia que acabava de noite no quarto. 50 anos da Lolita, da Lola, da Mama Lola, da D. Lola, da Crista, da Cristina e da D. Crista. Da colega de escola, da diretora de disciplina, da adorada das crianças da creche do nordeste, da amiga que acolhia os filhos enquanto as mães trabalhavam. Da protetora dos animais. 50 anos da mulher que alterna ternura e explosão de ira. Que se emociona e que se impõe. Que murmura e berra! Na verdade uma mistura de Marilyn com Madre Tereza de Calcutá e com alguma coisa da Mariana dos versos de Pedro Raimundo no cancioneiro gaúcho. A poderosa e amada mãe do Mickhael e da Francielle e sogrinha do coração da Thabi. A vida não seria nada sem a tua presença. E por isso eu repito que se a vida continuar a me atirar palmas e flores estas, também serão tuas! Te amodoro! Obrigado por tudo!
     

14 de abril de 2017

ECONOMIA

A imprensa escrita está com os dias contados. A rádio poucos ouvem. Todos ou a grande maioria tem acesso à rede mundial de informática. Por que não acabar com o custo da publicidade em jornal e rádio presidente Fitzen? ECONOMIZAR é a sua proposta?

PARA REFLETIR

Diante de tanta sujeira e propina neste país, sugiro refletir um pouco sobre fatos locais e sobre a condenação do ex-prefeito Henrique Drews.
Alguém lembra por que foi cassado? 
Encheu os bolsos e deixou de pagar os servidores? 
Ou foi porque fez questão de pagar os servidores públicos? 
Diante dos milhões e bilhões de todos os dias na TV sem cassações, sem condenações, sem perda de direitos podemos perguntar? 
Que justiça é essa?

2 de abril de 2017

JUSTA JUSTIÇA!



Publicado por Irio Krueger no face "Pomerode todos juntos pela liberdade de expressão"
PROCESSO JORNAL DE POMERODE, Manfredo Goede e Karol F. Pinto X IRIO KRUEGER.
Mais um processo penal se encaminhando ao final. O Ministério público de SC, não entendeu que houve qualquer ameaça a empresa e nem a seus Diretores, diferentemente do que afirmaram as supostas vitimas. O Processo é originário de 2013, onde fui acusado por furto de celular O Jornal de Pomerode publicou matéria a respeito com objetivos políticos. A pergunta que resta agora. Qual o intuito real de prejudicar uma pessoa só porque não concorda com o que o Jornal publica? Ou que não pensa politicamente como eles "donos da imprensa" pensam?
Obrigado ao Advogado Dr. Rubens Bachmann. Esta foi o 6º processo penal em que fui imputado como réu. Fui inocentado em todas. Graças a seu excelente trabalho como advogado. A justiça foi feita. Agora estou livre de penalizações, e livre para pensar e AGIR.."
Obrigado Irio pela confiança.

1 de abril de 2017

PODEROSO PODER

Hoje me disseram que temos um prefeito de fato e outro de direito. Que toda semana os dois se reúnem com o colegiado. O "de direito", reina mas não governa? E o "de fato" é que está governando a cidade? Renunciou à eleição mas não ao poder de comando do município? Isso dá matéria para a Globo! Mais uma imagem fantástica da cidade mais alemã do Brasil. A Nossa Pequena Alemanha! "A POMERODE QUE QUEREMOS!"